Em sessão extraordinária, vereadores cassam prefeito do município de Abaré

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
abare1

O prefeito do município de Abaré, no norte da Bahia, Fernando Tolentino (PT) teve o mandato mais uma vez cassado pela Câmara de Vereadores em sessão extraordinária realizada no sábado, 2 de março 2019, quando foi votada a continuidade do parecer definitivo do relator do processo politico-administrativo 001/2018, de autoria do vereador Francisco de Assis Jericó. A decisão cabe recurso judicial. Tolentino é citado em seis denúncias – todas referentes a crimes de responsabilidade fiscal e político-administrativo, bem como improbidade administrativa. Entre elas está a de um aluguel de um imóvel em ruínas, no valor de R$ 8,6 mil. O dono do imóvel alugado seria um ex-vereador da cidade. Vale lembrar que ele teve o mandado cassado pelos vereadores no dia 8 de janeiro deste ano e retornou ao cargo no dia seguinte.

Fernando Tolentino (PT) foi cassado novamente pela Câmara Municipal em sessão realizada na manhã de sábado, 2 de março 2019, após decisão do juiz da comarca do município de Chorrochó, que autorizou o Poder Legislativo de Abaré a prosseguir com o processo de investigação que apura denúncia de possíveis irregularidades cometidas pelo gestor. A decisão de suspender a cassação do mandato do prefeito é do juiz Martinho Ferraz da Nóbreja Junior, da Comarca de Paulo Afonso, no norte da Bahia, foi no mesmo dia, ou seja, no sábado também. O magistrado anulou a decisão da Câmara e suspendeu também os efeitos dos atos posteriores, retornando o mesmo para as suas atividades normais, até ulterior deliberação. A decisão completa pode ser conferida acessando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.